Experiências com moodboards

Sei que me ando a repetir mas os erros do passado são tantos que tenho que compensar de alguma forma. Decorar uma casa não é nada fácil. Unir aquilo que sonhamos (plural, porque não vivo sozinha) com aquilo que se adequa à nossa casa e ainda com o orçamento disponível, é uma tarefa complicada. 
Ainda não tinha encontrado o meu estilo (que é simples, minimalista mas sem prescindir de conforto) e o facto de ter sido apressada na decoração da casa, só fez com que o resultado final ficasse sem qualquer nexo, que não fosse do gosto de todos e que me fizesse utilizar as cores que mais detesto, laranjas, vermelhos e castanhos.

E é por isso que vou repetindo aqui e para mim mesma, para ter calma, para pensar bem no que quero usar, ter a certeza que as opções agradam a todos e tentar visualizar o resultado final, juntando todas as opções escolhidas.
Para isso, nada melhor do que fazer um moodboard.
Esta é a minha primeira experiência porque queria perceber se aquilo que visualizo fica bem conjugado e se nos dá o estilo que é o nosso. Poderemos fazer uma alteração aqui e outra acolá, muito para não sair do orçamento. A ideia é suavizar (o quarto está muito carregado), optar por cores neutras (o branco está em alta!) e dar uns toques de cor aqui e acolá.
Agora falta mesmo pôr mãos à obra e depois mostrar-vos o resultado final. Aguardem.

Lojas pesquisadas para este moodboard: Zara Home, IKEA e Querido Home Styling

assinatura

Partilhar

6 Replies to “Experiências com moodboards”

  1. Olá Anabela,
    Como te compreendo, também no meu caso, a decoração da minha, foi feita 1º à muitos anos, pelo que faz com que hoje, para além de cansada, me tenha também desgostado de alguns móveis tendo em conta a oferta que hoje existe, 2º e em início de vida o orçamento era outro (se bem que hoje também não é abastado, pelo que muitas opções foram tomadas em torno do orçamento e não daquilo que queria mesmo.
    Hoje, 14 anos depois de ter mobilado a minha casa, as escolhas seriam garantidamente outras, mas tal como tu, aos poucos, conseguirei transforma-la no que quero.
    A ideia do moodboard é ótima e vou adota-la.
    A tua está giríssima, gosto de tudo!
    bjs e obrigada pela partilha,
    MJ

  2. Olá Anabela, gostei deste post tambem estou com dificuldades em mudar o meu quarto, mas principalmente o dos filhotes, não sei muito bem como conjugar e tenho dificuldade em visualizar o resultado ainda para mais é um quarto de menino e menina(por enquanto ainda estão os dois juntos no mesmo quarto)
    Não conheço como funciona este termo moodboard, tiveste de fazer download a algum programa? ou é mais simples do que isso?
    Obrigada

  3. Anabela (Aproveitar a Vida) diz: Responder

    O que me aconteceu a mim foi mesmo o ter pressa de deixar tudo pronto. Não pesquisei, não observei, não pensei e saiu um péssimo resultado. O orçamento também é limitado senão já teria o quarto pronto. Além disso a preguiça anda a reinar. Tenho o dito cujo virado do avesso para ver se lhe pinto as paredes de branco. Tudo o resto fica mais fácil porque é uma questão de ter o dinheiro poupado para comprar o que falta. Projectos para fazer são poucos mas acho que farão uma grande diferença.

    Lá chegarei. Prometo mostrar tudo no fim.

    Bjs

  4. Anabela (Aproveitar a Vida) diz: Responder

    Olá Mimas.

    Olha, também eu andei a ver se haviam programas para facilitar a coisa mas percebi rapidamente que fazendo no Photoshop seria mais fácil. É preciso perceber alguma coisa daquilo e como eu percebo pouco, levo tempos e tempos. Mas estou a aprender. Isto também tem ajudado muito nisso.

    Moodboard é uma técnica muito usada nos EUA para conjugar as peças que se querem usar numa decoração. É óptimo para visualizar o resultado final. Também é muito usado em moda.

    Espero ter ajudado.

    Bjs

  5. Adorei a ideia do moodboard. Tenho alguma dificuldade em olhar para uma divisão vazia e imaginá-la toda decorada, assim parece bem mais fácil. Vou tentar aprender alguma coisa de photoshop…

    As cores e mobília que escolheste tem tudo a ver comigo… muito clean!

  6. Anabela (Aproveitar a Vida) diz: Responder

    Olá Sara.

    Esse também é mais ou menos o meu problema. Digo mais ou menos porque comigo é mais a questão de perceber se estou ou não a fazer boas combinações.

    Por exemplo, neste moodboard mudei várias vezes a manta, as almofadas e o candeeiro de mesa, até encontrar o que melhor se adequava. Também ajuda quando andamos às compras. Sabemos o que queremos, não encontramos o exacto mas podemos encontrar semelhante. Não se falha muito como me acontecia. Vemos um objecto que achamos que fica bem mas depois quando o colocamos no sítio não corresponde ao que imaginávamos.

    Bjs

Deixe uma resposta