Do dia de hoje

 
 
Comecei o dia a tentar escrever o post sobre Porto Covo. Não passei da primeira linha. A minha cabeça estava longe. Não me conseguia concentrar. O Tiaguinho tinha ido fazer um passeio com a escola, ao Jardim Zoológico. Era aí que estava o meu pensamento, o meu coração de mãe galinha. Só descansei quando falei novamente com ele. E correu tudo bem, divertiu-se imenso. Ainda bem que assim foi e que estas preocupações parvas caem em saco roto. 
Mas ter andado assim, inquieta, a manhã toda e parte da tarde foi o caos. Tudo o que implicava estar sossegada a pensar ficou para depois. Vinguei-me nas limpezas. Sacudir tapetes, limpar pó, estender roupa (e depois apanhar), aspirar todos os cantinhos da casa, lavar o chão todo, lavar as casas-de-banho, colocar a máquina de loiça a lavar, limpar a cozinha e mais umas quantas coisas que ia fazendo pelo caminho. A sério, fiquei tão cansada que o stress não teve hipótese. 
Ainda antes de ir buscar o Tiago (que ficou com o meu pai porque tive explicações de tarde), consegui preparar-lhe uma surpresa. Apanhar as framboesas que já estavam maduras e óptimas para comer. Consegui encher uma tacinha. Ainda provei umas quantas, eram mesmo doces. 
E é assim, com esta doçura, com a casa limpa, com flores frescas e com um filho feliz que dou as boas-vindas ao fim-de-semana.
Sejam felizes!
Partilhar

3 Replies to “Do dia de hoje”

  1. Bom fim de semana 😉
    Bjs

  2. Perfeição 🙂

  3. o stress até compensou xD
    sempre com imagens muito belas o teu blogue 🙂
    beijinho

Deixe uma resposta