A nossa manhã (ou como somos impacientes!)

O Tiago tem-me chateado há semanas porque queria fazer uma abóbora do Halloween. E perguntam vocês como é que ele se lembrou disto e da própria palavra em si. É simples, dos vídeos que gosta de ver no “youtubo”, como ele tão carinhosamente lhe chama.
Obviamente que não gosto muito de o ter à frente de um computador e é preciso estar sempre em cima para vigiar o que vê, mas é das poucas formas que tenho de ele estar um bocadinho sossegado para me deixar fazer o que necessito em casa. Portanto, desde que viu uma música infantil do Halloween e as abóboras, que me tem pedido incessantemente para fazer uma. 
O meu pai tem algumas a crescer na horta, mas são enormes e ainda não estavam maduras. Também achei um desperdício, por isso ficámos a aguardar. Um dia, o pai meu foi ao Aldi e lá tinham umas abóboras pequenas tão fofinhas, mesmo próprias para se fazer isto. Lá trouxe uma para o neto e hoje de manhã pusemos mãos à obra porque, tal como eu, também ele é impaciente.
O que saiu foi isto. Nada mau para uma primeira vez. E parece que não ficamos por aqui, que a avó paterna já arranjou mais umas para decorarmos a sua casa. 
Falta só dizer que eu detesto o Halloween. Mas o que é que uma mãe não faz por um filho, não é?…

Saiba mais sobre o meu dia-a-dia

 FACEBOOK | PINTEREST | INSTAGRAM

Partilhar

One Reply to “A nossa manhã (ou como somos impacientes!)”

  1. Olá Anabela!
    Que bem que ficou…
    Beijinhos…

Deixe uma resposta